Publicado por: Amauri Nolasco Sanches Junior e Marley Cristina Felix Rodrigues | 16 de julho de 2013

Notas de esclarecimento (estética para poucos)

Nota de Esclarecimento

Por Amauri Nolasco Sanches Junior

Há algumas coisas a esclarecer antes de entrar no próximo texto sobre a estética que de repente, não ficou muito clara a minha posição quanto o pensamento meu ao assunto e o intuito do texto (aqui). Para começar não critiquei a visão cristã católica ou evangélica sobre o assunto, disse o que acontece dentro das igrejas já que frequentei as duas religiões, portanto, não estou falando na teoria. Outra coisa, não disse que a visão ocidental era certa ou errada, disse como veio essa visão e qual as raízes dessa cultura, resta ao leitor tirar suas conclusões.

São meio “clichê” textos que só falam de um “mundinho” a parte das pessoas com deficiência sem uma analise profunda dessa visão, como e quando surgiu essa visão e o porquê essa visão persiste dentro de uma cultura que se diz detentora da ciência e racionalidade e ainda cultua o perfeito como forma de felicidade. Crenças infundadas de um mundo que pensa está liberto dessas mesmas crenças, ou vocês “acham” que essas pesquisas são para dar as pessoas com alguma deficiência, conforto? Para usar um exoesqueleto, essa pessoa com deficiência vai ter que se conhecer, seus limites, suas angustias, seus traumas, porque assim, controlara seu “brinquedo” mais facilmente. Lerhol talvez quis quebrar um pouco essa visão debochada social do herói da superação que toda a sociedade nos coloca e como essa visão é patética e até, desumana. Quero dizer uma coisa a você caro leitor, para ele pouco importa a sua visão, importa que sempre quem quis mudar uma visão, era tido como louco.

O caso é que sair pelado é para poucos deficientes que querem quebrar essa visão de saneamento do politicamente correto, uma visão chata que pouco tem a ver com a discussão da inclusão e pouco importa. Parafraseando uma filosofa na qual gosto muito, não se nasce deficiente, se torna deficiente. A deficiência só é uma limitação, quando nos contaminamos com a visão social da deficiência, que ainda assola nosso meio e não poderia ser assim. Por que um deficiente com um corpo definido pode sair numa foto sem camisa, mas um deficiente que não tem o corpo definido não pode? Ainda temos uma visão preconceituosa cunhada dentro dos moldes ridículos de um Estado grego que não existe mais, onde as mulheres podem votar e ter uma vida independente, onde todas as crianças – sejam ricas ou pobres – podem estudar, onde o modelo democrático mudou completamente. Não podemos concordar que as pessoas com deficiência sejam jogadas em abismos ou deixadas em cestinhos hoje, porque já sabemos que somos humanos como todo mundo.

E a cultura grega, queira ou não, cunhou toda a filosofia platônica e aristotélica que moldou a visão eclesiástica posteriormente na idade media. Isso não se tem duvida e quem estudou historia sabe disso, mas alguns insistem que não teve esse tipo de mistura e que a igreja tem os puros ensinamentos de Cristo. Todos nós sabemos que essa visão cristã que temos é uma visão Paulínia – vinda dos escritos de Paulo de Tarso, que era judeu e de família rica e centurião romano, sendo ensinado os clássicos da filosofia grega da época – e com essa visão, se tem muito mais do que os ensinamentos do mestre.

Lógico que há tribos tanto na America, quanto da África, que elimina as pessoas com deficiência como se fossem uma maldição, isso é biológico e vem dês das eras remotas quando o ser humano vivia em cavernas. Até hoje na India isso ocorre, mas não podemos esquecer que estamos na parte ocidental, que essas fotos foram feitas por um ocidental, então a analise deve ser feita da cultura ocidental. E como estufamos o peito e dizemos que nossa cultura é superior as deles, somos modelo de civilização e cuidado com as pessoas com deficiência, poderíamos ter um mundo que não julga-se pela aparência física, mas pela ideia que somos todos seres humanos. Desculpe, não somos diferentes.

uniãoPCDs

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: